10 tendências de consumo que vão marcar a próxima década

10 tendências de consumo que vão marcar a próxima década

Como vamos viver e alimentar-nos em 2025? A Deloitte, em parceria com a escola de negócios espanhola IESE, identificou 10 tendências de consumo globais que vão marcar o setor do grande consumo na próxima década. Saiba quais.
1. Compra de Conveniência: os formatos e produtos que apostam na comodidade, flexibilidade e poupança de tempo e energia, vão vingar. Concretamente na alimentação, vai consolidar-se a tendência de ‘top-up shopping’, ou seja, as compras grandes no supermercado complementadas com a aquisição de produtos essenciais e de consumo recorrente e, estabelecimentos de conveniência ou lojas de bairro.
2. Consumo sustentável: O consumo vai desenvolver-se como uma rota em direção ao progresso e à sustentabilidade. Cada vez mais, os nossos atos de consumo são uma ferramenta eficaz para influir nas políticas das empresas e um meio ao alcance de todos para contribuir para o desenvolvimento sustentável.
3. Os influenciadores do consumo estão cada vez mais parecidos connosco. Os “prescritores” já não são famosos nem especialistas, são pessoas como nós. O perfil que mais influencia os nossos hábitos são “o vizinho da porta ao lado ou da rede social”.
4. Millennials: os consumidores atuais são nativos digitais, que determinam padrões e definem novas formas de consumo
5. Centros comerciais ‘em modo comunidade’: as lojas físicas serão mais pequenas e mais ricas em experiências e vão complementar os canais digitais. As lojas serão um ponto de encontro social e um local de teste para novas experiências.
6. Economia colaborativa: É uma tendência em crescimento que vai chegar também ao setor da alimentação. Partilhar em lugar de ‘deter’. Fórmulas como a do Uber vão chegar à alimentação.
7. Privacidade: num mundo hiperconetado, a privacidade é um fator crítico para empresas e marcas.
8. Às compras no mundo: o online tornou as marcas globais. Proliferam os ‘marketplaces’ onde o consumidor pode encontrar produtos de fabricantes de todo o mundo. Vai consolidar-se ainda o fenómeno do turismo de compras.
9. Do virtual para o real e vice-versa. O consumidor transita facilmente de um canal para outro. O futuro é definitivamente omnicanal.
10. Conectados e saudáveis: o movimento ‘healthy’, impulsionado pela procura de dispositivos conectados tipo wearables e aplicações para monitorizar os nossos nossos hábitos e rotinas, vai democratizar-se.
HiperSuper, 12 de Junho de 2015 por Rita Gonçalves