À medida que o marketing mix evolui e se torna mais pleno em termos de conectividade, o desafio de medir campanhas neste novo “mundo” digital é claramente um dos mais difíceis que os profissionais de marketing têm pela frente.

Estas são as conclusões do artigo avançado pela emarketer.com com base na recolha de informação da Ifbyphone ( através da sua plataforma de voz aplicada ao marketing).

A informação foi recolhida sobre os profissionais de marketing para o seu ” Relatório 2011 sobre Métricas de Marketing” e 82 por cento referem que os seus executivos esperam que cada campanha seja medida.

Contudo, isolando os diferentes tipos de marketing, apenas 47 por cento dos marketers norte-americanos acreditam que conseguem efectivamente medir o retorno de investimento do e-mail marketing e outros tipos que são vistos ainda com menores percentagens. No que respeita às redes sociais, apenas 26 por cento pensa conseguir medir o ROI.

Quando o desafio é medir o marketing online, medir quais as palavras-chave que resultam em maior número de clicks ( 40 por cento), as conversas online mais significativas ( 40 por cento) e o maior número de chamadas ( 37 por cento) foram as métricas mais comuns citadas pelos marketers como desafios relevantes.

Estes profissionais, contudo, aceitaram o desafio e trabalham continuamente em novas formas de relacionar os seus programas de marketing com os resultados das vendas. As principais ferramentas usadas são “web analytics” ( 48 por cento), software para monitorizar e quantificar as campanhas de e-mail marketing ( 47 por cento), leads por diferentes meios de contacto ( 38 por cento) e monitorização da comunicação nas redes sociais (30 por cento).

Com todas estas ferramentas à disposição… afinal o que é que os mareketers analisam? 62^por cento afirma que acompanham o aumento global de vendas para medir o sucesso dos planos de marketing. 57 por cento analisa o número de novos clientes conseguido, 39 por cento monitoriza o número de leads gerado, 33 por cento verifica os aumentos na retenção de clientes e igualmente  um terço quantifica o crescimento na notoriedade.

Medir o impacto do marketing sempre foi uma luta difícil para as companhias que se tornou ainda mais desafiante com a expansão do marketing e a consequente integração das plataformas digitais e a dinâmica das redes sociais.

Fonte: Omnicom Media Group

Briefing, 19 Dezembro 2011
emarketer.com

emarketer.com